Ensino Fundamental I  
 CURRÍCULO 

O CURRÍCULO

Na CASA de Aprendizagens, o trabalho com o Ensino Fundamental I visa, em primeiro lugar, a formação do cidadão. Neste sentido, a proposta educativa de nossa escola tem por objetivo ampliar o conhecimento de mundo do estudante ao estimular a sistematização de conceitos, a aquisição de informações e a discussão sobre valores.

Interessa que os conteúdos construídos nas diferentes aéreas do conhecimento sejam significativos e, assim, que os ajudem a identificar e resolver questões do seu cotidiano.

Por isso ainda, nossos aprendizes são entendidos enquanto sujeitos do saber e indivíduos íntegros, dotados de pensamentos, percepções, sentimentos e emoções.

ARTIGOS RELACIONADOS


MATEMÁTICA

Na CASA de Aprendizagens, o ensino da Matemática é meta prioritária do trabalho docente no Ensino Fundamental I. E isso porque acreditamos que tal área do conhecimento seja componente importante para a construção da cidadania e dos conhecimentos científicos. Assim, por meio da Matemática, procuramos desenvolver, nos estudantes, competências para a compreensão e transformação da realidade. No ensino da Matemática no Fundamental I, destacam-se aspectos básicos, como relacionar observações do mundo real com representações (esquemas, tabelas, figuras). Por sua vez, estas representações, em nossa escola, vinculam-se a princípios e conceitos matemáticos através da fala e da escrita. Pois, conforme acreditamos, a aprendizagem em Matemática está ligada à compreensão. Isto é, à atribuição de significados resultante das conexões entre disciplinas e o cotidiano dos estudantes. Neste sentido, na CASA de Aprendizagens, lançamos mão de múltiplos recursos didáticos para o ensino da Matemática. Entre eles, jogos, livros, vídeos, calculadoras, computadores, os quais acreditamos desempenhar um papel importante no processo de ensino-aprendizagem. Contudo, eles nunca estão dissociados de situações que levem ao exercício da análise e da reflexão, em última instância, a base da atividade matemática.

PORTUGUÊS

Em nossa escola, propomos que certas atividades sejam feitas diariamente com os estudantes do Ensino Fundamental I, a fim de que desenvolvam habilidades de leitura e escrita. Entre elas, estão as práticas de comunicação oral para apreensão dos gêneros do discurso e as atividades de análise e reflexão sobre a língua. Dentro destas práticas, temos a Leitura Compartilhada e a Ciranda Literária, momentos em que o estudante pode conhecer culturas de outros tempos e lugares. Acreditamos que a leitura, coletiva e/ou individual, em voz alta ou em silêncio, precisa fazer parte do cotidiano da sala de aula. O mesmo acontece com a escrita e a experimentação criativa dos diferentes gêneros a partir de propostas diretivas do educador ou educadora. Por sua vez, o desenvolvimento da linguagem oral, na CASA de Aprendizagens, é trabalhado a partir de exposições sobre o conteúdo, debates e argumentações. O importante é oferecer oportunidades de fala, mostrando a adequação da língua a cada situação social da comunicação oral. Considerar que o objeto de ensino se constrói a partir das práticas de leitura e escrita supõe determinar um lugar importante para leitores e escritores. Ou seja, supõe conceber como conteúdos fundamentais do ensino os comportamentos do leitor e do escritor. Assim, a leitura, a escrita e a oralidade, conforme as entendemos na CASA de Aprendizagens, podem mudar os objetivos da Educação.

HISTÓRIA

Com relação ao ensino de História, destacamos a importância de se compreender a construção do conhecimento histórico. Para tanto, estabelecemos algumas etapas na CASA de Aprendizagens. Nos anos iniciais do Ensino Fundamental I, nossos esforços são voltados para que os estudantes conheçam a si mesmos, para depois expandirem seus estudos em relação ao outro. Assim, nossos aprendizes são preparadas para, na etapa seguinte, desenvolver as habilidades específicas de cada objeto de conhecimento da disciplina. Neste processo, conforme as diretrizes da BNCC, “é fundamental considerar a utilização de diferentes fontes e tipos de documento (escritos, iconográficos, materiais, imateriais) capazes de facilitar a compreensão da relação tempo e espaço e das relações sociais que os geraram”. Por isso, na CASA de Aprendizagens, dispensamos especial atenção às fontes de estudo, para que este trabalho seja profícuo. Isto é, para que educadores ou educadoras e estudantes desempenhem o papel de agentes do processo de ensino e aprendizagem. Agentes, assim, dos conteúdos propostos no âmbito de um processo adequado ao Ensino Fundamental I. Para tanto, destacamos cinco processos educativos desenvolvidos em nossa escola no que tange a esta área de conhecimento: identificar, comparar, contextualizar, interpretar e analisar. Apesar de serem processos cognitivos complexos, acreditamos ser importante que sejam iniciados desde os anos iniciais do Ensino Fundamental I. Ainda que tal instrumentalização dos estudantes se adeque a cada faixa etária.

CIÊNCIAS HUMANAS

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) organizou os componentes História e Geografia em uma área denominada Ciências Humanas. Assim, a BNCC propõe que a Geografia possibilite aos estudantes dos primeiros anos do Ensino Fundamental I “reconhecer e comparar as realidades de diversos lugares de vivência”. Ao mesmo tempo, eles devem conseguir “identificar a presença ou ausência de equipamentos públicos e serviços básicos essenciais”. Na CASA de Aprendizagens, consideramos as diretrizes gerais da BNCC e específicas da área de Ciências Humanas. E, portanto, as seguimos para a observância das competências a serem desenvolvidas no ensino de Geografia no Fundamental I. Deste modo, ao final do 5º ano, nossos estudantes estão preparados para realizar ações que integram os objetivos da Educação formal em nossa sociedade. Ações estas que são a base para a participação social e a cidadania.

CIÊNCIAS NATURAIS

Na CASA de Aprendizagens, o trabalho com as Ciências Naturais permite ao estudante o desenvolvimento de determinadas capacidades. E estas são: estabelecer relações, manifestar opiniões próprias, elaborar hipóteses, identificar soluções, buscar informações e confrontar suas ideias com as dos colegas. Este desenvolvimento é progressivo, dividido em séries ou ciclos e indicado pelos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN). Tais estudos abrangem conhecimentos de Biologia, Ecologia, Química, Física, Astrologia e Geociências. No entanto, são tratados a partir da aproximação dos estudantes de noções dos conceitos estruturantes destas disciplinas, como sistemas orgânicos, transformação, energia, propriedade dos materiais. Estas noções conceituais podem ser aplicadas, organizadas e sistematizadas em função de estudos temáticos. E estes temas podem ser o ser Humano e sua saúde, o desenvolvimento técnico e tecnológico, a investigação da natureza etc. Ou mesmo através dos Projetos que desenvolvem os eixos temáticos de forma global.

INGLÊS

Os PCNs de Língua Estrangeira, referindo-se ao estudante, afirmam que, “ao entender o outro e sua alteridade, pela aprendizagem de uma língua estrangeira, ele aprende mais sobre si mesmo e sobre o mundo plural marcado por valores culturais diferentes e maneiras diversas de organização política e social”. Para tanto, percebemos que cada vez mais cedo é preciso colocar o aprendiz em situações de uso de outra língua. Pois, desta forma, lhe é possível tomar contato com diferentes modos de vida social e suas expressões culturais. Porém, na CASA de Aprendizagens, entendemos também que é preciso respeitar as especificidades do seu processo de aprendizagem. Por isso, no contexto de ensino de Língua Inglesa do Fundamental I, viabilizamos um ambiente lúdico e um processo gradativo de construção destes conhecimentos. Na mesma medida, acreditamos que a exigência sobre a produção dos estudantes deve ser paulatina. E isso porque o uso da língua estrangeira deve corresponder às práticas discursivas da realidade de seus aprendizes. Entretanto, ao fazê-lo em outra língua, o estudante consegue vivenciar novas formas de ser e significar.

AMBIENTE

A concepção de ambiente, na CASA de Aprendizagens, é abordada como o resultado das interações entre os elementos. Sendo tais elementos os seres vivos, os seres não vivos, o ar, a água, o solo, a luz e o calor do sol. Assim, os fundamentos científicos são construídos associados ao desenvolvimento de atitudes. Pois acreditamos ser necessário educar nossos estudantes informando-os sobre as implicações ambientais de suas ações, como, por exemplo, o desperdício. Este olhar, conforme acreditamos, é capaz de ensinar a temática ambiental considerando as relações entre os componentes do ambiente e as ações humanas. Transformamos, assim, o conceito de ambiente em uma definição ampla, a ecologia. Esta, por sua vez, estuda as relações de interdependência entre os organismos vivos e os sem vida, resultando em um sistema aberto denominado ecossistema.

SER HUMANO E SAÚDE

A ideia deste bloco temático é a de que os estudantes compreendam as relações entre as funções e as partes de seu corpo. E isso para que entendam a maneira pela qual o corpo transporta e elimina água, oxigênio e alimentos, obtêm energia e se defende. No trabalho de conceitos como ciclo vital e alimentação, por exemplo, os aprendizes podem fazer generalizações sobre necessidades biológicas e, ao mesmo tempo, relativizar padrões. Na CASA de Aprendizagens, acreditamos ser relevante educar para o fato de que, de maneira geral, na propaganda, o principal objetivo é vender produtos. Por isso, não se considera, muitas vezes, que alimentos ou medicamentos podem ou não comprometer a nossa saúde. Neste sentido, é pertinente a realização de um projeto que desenvolva uma leitura crítica da propaganda alimentícia. E fazemos isso a partir da leitura e análise de rótulos de alguns produtos, por exemplo.

RECURSOS TECNOLÓGICOS

Na CASA de Aprendizagens, acreditamos na formação de cidadãos críticos e, portanto, conscientes de que o acesso aos recursos tecnológicos deve ser democratizado. Para tanto, procuramos levar nossos estudantes a refletirem sobre as relações entre o desenvolvimento tecnológico e os interesses políticos e econômicos. Pois estes, ao contrário do que se espera, nem sempre estão voltados para o bem comum. Assim, o bloco temático Recursos Tecnológicos enfoca a transformação dos recursos materiais e energéticos em produtos necessários à vida humana. Ou seja, aparelhos, máquinas, instrumentos e processos que possibilitam tais transformações. Os conteúdos deste bloco temático ainda estão interligados aos estudos sobre ambiente, ser humano e saúde e aos temas transversais ética e pluralidade cultural.

O TRABALHO NA CASA DE APRENDIZAGENS


ENTRE EM CONTATO COM A CASA DE APRENDIZAGENS

TEREMOS SATISFAÇÃO EM ATENDER SUAS NECESSIDADES

Agende Uma Visita

Casa 1
Rua Dona Germaine Burchard, 197 - Perdizes
Fones: (11) 3862-0934 | (11) 3675-1474

Casa 2
Rua Dona Germaine Burchard, 239 - Perdizes
Fone.: (11) 2338-3920

Casa da Primeiríssima Infância
Rua Melo Palheta, 57 - Perdizes
Fone: (11) 2373-5616

fale conosco

Celular/WhatsApp:
(11) 94593-9959

redes sociais

Casa de Aprendizagens
© 2019-2022 - CASA de Aprendizagens - Todos os direitos reservados